domingo, novembro 05, 2006

Crónicas Nocturnas # 100

Terça á noite foi a noite de Halloween, e para começar, nada como ir ao La Bohémme, para apreciar o esforço que o Paulo tem para decorar o La Bohémme, esforço esse sempre recompensado, ou não deja o Halloween umas das noites com mais culto nesse bar, onde os recordes de caixa são quase sempre batidos...eheheh. A decoração estava simplesmente espectacular, com vampiros, bruxas, fantasmas e outras assombrações á mistura...como dizia o Simões, que encontrei por lá, só faltava mesmo o Peter Murphy...eheheh. Achei também delicioso o pormenor das grades na cabine do DJ, com uma tarântula lá presa, muito peludinha e com uns olhinhos vermelhos...eheheh (claro que era uma tarântula de peluche...não se assustem...eheheh). Se houvesse um prémio para melhor decoração na noite de Halloween, o La Bohémme ganhava-o sempre.

A seguir eu e o Simões dirigimo-nos para o Baco, que também estava porreiro, e por lá estivémos na conversa.

A seguir, fomos ao Bombar, que também estava animado, e por lá também ficámos na conversa.

Depois foi altura de rumar para o Tribux, onde estava o Pedro Tiago a passar som, dentro das coordenadas mais Acid/Minimal, com uns pózinhos de Electro-House á mistura. O Tribux também estava bastante animado, com o pessoal a mexer o pézinho. E o Pedro estava com umas pinturas nos olhos que tanto faziam lembrar ou o Robert Smith dos Cure ou uma qualquer personagem do Blade Runner...eheheheheh. E nem sequer faltou o Thriller do Michael Jackson...eheh.

De seguida dirigi-me para o ADN, onde estavam os "melhores tocadores de discos das suas respectivas freguesias LOL", o Abel e o Pedro aka Pantera, a justificarem esse seu "estatuto"(Abel, não te esqueças é que o Roger Urb e o Zé Pescador vivem também na tua freguesia...têm que fazer aí um concurso na vossa freguesia...LOL)...eheheheheh. Uma sessão bastante "rockeira", com um ou outro pormenor mais electrónico ou funky lá pelo meio...recordo-me de ter ouvido coisas como Call Me dos Blondie, Sweet Dreams dos Eurythmics, Back In Black Dos AC DC, Smells Like Nirvana de Weird Al Yankovitch, Enter Sandman dos Metallica, Holliday In The Sun dos Sex Pistols, Rockaway Beach dos Ramones, Thriller do Michael Jackson (um tema muito habitual nestas noites de Halloween), Ghostbusters de Ray Parker Jr. , I Was Made For Lovin You dos Kiss, I Fought The Law dos Clash, Boys Don`t Cry dos Cure, LOve Will Tears Us Apart dos Joy Division, uma versão "live" do Let`s Dance do David Bowie, entre outras coisas de que agora não me recordo...ADN ao rubro, com o pessoal a curtir bastante...e muitas máscaras engraçadas, e achei particular piada a uma de uma moça em que ela simulava um olho a saído para fora...muito giro...eheh.

Na quinta, devido a causas de força maior, não houve noite Electro/p0werup no ADN, e, desde já um enorme pedido desculpas por tal. Mas nesta próxima quinta,se tudo correr bem, lá estarei novamente em força, como sempre.

Na sexta iniciei a noite no Baco, onde se esteve muito bem, e com o Rato a dar-nos música, dentro de uma onda mais virada para o Rock alternativo, com uma ou outra cena mais electrónica pelo meio. Foi muito fixe, e, enquanto lá estive, recordo-me de ter ouvido TV On The Radio, N.E.R.D. , Block Party, Fischerspooner, entre outras coisas.

A seguir dirigi-me para o Tribux, onde estava o Pedro Tiago a passar som, mais uma vez a casa estava bastante animada, e o Pedro a seguir com as coordenadas sonoras que são mais habituais nele, ou seja, sons ácidos e minimais bastante hipnóticos, com uns toques mais "Electro" á mistura. Recordo-me de ter ouvido Oxia, Heidi vs Riton, Trentemoller, Funkwerstat, 3 Channels, entre outras coisas igualmente boas.

Depois dirigi-me para o ADN, para assistir á sessão conjunta entre o Simões e o Zé António Moura aka Major Eléctrico. Ao começo ainda estava pouca gente, mas a piuco e pouco o ADN foi enchendo, até ficar uma casa bastante bem composta, e com o pessoal ao rubro. As coordenadas sonoras foram variadas...Electro, Acid-House, Disco, Italo-Disco, New-Wave...um "cocktail bastante dançável". Recordo-me de ter ouvido coisas como End Title (Blade Runner) dos Hipnosis, Undercover Of The Night dos Rolling Stones, Superman de Celli Bee & The Buzzy Bunch, Magic Fly dos Space, There`s A Drink In My Room And I Need A Hot Lady de Lindstrom, a remistura de Tiga a Walk A Mile In My Shoes dos Coldcut, I Wish You Were Dead de Joakim, um tema dos Stranglers cujo nome não me consigo agora recordar, entre outras coisas de que agora não me recordo. Foi muito fixe, gostei bastante.

No sábado, após o jantar de aniversário de uma grande amiga minha, dirigimo-nos todos para o Tasco do Kaneco, onde estava o Abel a passar som. O Kaneco já estava bastante animado, e assim continou a estar durante bastante tempo. O Abel andou por coordenadas mais "rockeiras", mas com uns ocasionais devios para cenas mais Funk, Disco, Jazz e até Electrónicas...muito fixe. Recordo-me de ter ouvido nomes como Sex Pistols, Ramones, Gary Numan, Duran Duran, Grace Jones, James Brown, Level 42, Playgroup, The Glimmers, Jimmy Hendrix, entre outras coisas porreiras...Não prestei mais atenção á música, porque também estava com um grupo bastante animado de pessoas...eheheheh. E a seguir fui para casa...já me estava a sentir cansado.

p.s. Hoje, no Setúbal Dance Night, entrevista ao Simões aka Mr. Simon. O programa vai estar no ar no horário habitual, ou seja, entre as 21 e as meia-noite, portanto...eheheh. E 100 crónicas nocturnas já são muitas noites...eheheh.

8 comentários:

Anónimo disse...

Parabens Eduardo !!!

anonimo disse...

Para mim o Halloween no ADN foi uma treta! Dois cromos a passar musica...
Ainda sou do tempo em que as noites do ADN tinham o residente, e depois haviam as outras, por exemplo do Viegas e do Mr. Simon, com os seus respectivos convidados e que eram sempre optimas.
Em dias destes como o Halloween e outros assim, com estes cromos a pôr som não devia era aparecer por lá ninguém que era para o burro do Claudio e o jumento do Zé Pescador aprenderem!

leo disse...

tmb nao gostei la muito,mas como era uma noite diferente ate se papou ouvi som comercial ja antigo, o ze continua a ser residente ao sabado,bem como as outras como falas continuam,pelo menos eu o ke tenho assistido..

Anónimo disse...

Bom nao a nada melhor do ke ver o cartaz mensal para ver se vale a pena ou nao...

Abel Santos disse...

Ainda bem q houve malta q nao gostou de ver a maioria do adn a divertir-se e a entrar no espirito de festa de Helloween. Como representante dos Cromos q a realizaram estou contente de ter as unicas critcas negativas... é q só tive elogíos... já estava a pensar q nao existia mas linguas.

É q existem mais bares nesta aldeia, meus amigos !

Em breve, levam com a playlist ké pa não sacarem os temas da net! Não se eskeçam!

Anónimo disse...

já que pareces ser um gajo esclarecido musicalmente gostava que deixasses aqui a tua playlist ideal para uma noite de halloween, é sempre um prazer aprender com um esteta do teu calibre

Pedro Lontro

mister simon disse...

é muito feio deixar comentários sem assinatura!
pela parte que me toca (até nem estive no adn nessa noite), agradeço o facto de alguém gostar das minhas noites e dos meus convidados.
mas o que eu gostei mesmo, independentemente de ser o abel ou outro qualquer (até eu), foi o facto de alguém ter chamado pelos nomes proprios o claudio e o zé. se bem que o zé tenha um nome mais simpatico (jumento).
ih-óh, ih-óh, ih-óh!!!
(eheheh)

Anónimo disse...

Anonimo, tou de olho em ti e já sei kem tu és...PORTA-TE.
BOSS