domingo, maio 28, 2006

Crónicas Nocturnas # 75

Na sexta estive, em conjunto com o Safara, a passar som no Clubíssimo. A casa esteve a meio-gás, mas curtimos a noite, e quem lá esteve aderiu bem ao som que passámos, e houve sempre animação na pista de dança. Passámos cenas mais viradas para o "Electro" e Techno Minimal, com alguns desvios por cenas mais Disco, coisas como Gui Boratto, Williams, Booka Shade, Abe Duque, Hugg & Pepp, Marc Romboy, Chicken Lips, Âme, Kris Menace, Coburn, The Egg, Mylo, Lindstrom, Troy Pierce, Paul Woolford, Carl Craig, Dan Berkson, Sasse, Dirt Crew, Phonique, entre outros...Foi a 1ª vez que passei som em conjunto com o Safara, e gostei bastante, e até acho que nos entendemos bem...eheheheh.

No sábado fui passar som ao Tasco do Kaneco, dado que o residente, o Abel, está a gozar umas merecidíssimas férias. Obviamente passei lá sonoridades a que o pessoal normalmente não me associa, mas eu também gosto de ouvir outras coisas...eheheh. Basicamente foi uma viagem sonora por entre o Funk, o Blues e o Rock...passei coisas como Rae & Christian, JJ Cale, Lindstrom, Coldfinger, Lee Dorsey, Santana, Babe Ruth, Barrabas, James Browm, Can, Cymande, Sly & The Family Stone, Rufus THomas, Mandrill, Yellow Sunshine, O`Jays, Charlie & The Bluescats, Freddie King, Albert King, Otis Rush, Led Zeppelin, Ram Jam, Stephenwolf, The Who, Black Sabath, AC DC, Talking Heads, Who Made Who, !!!, Munk, LCD Soundsystem, The Police, Blondie, XTC, The Motors, Buzzcocks, entre outras coisas. A pedido de um grupo de clientes finalizei a noite com Morphine, a banda o infelizmente já falecido Mark Sandman. O pessoal pareceu curtir, pelo menos ninguém se veio queixar, e a noite até esteve animada...eheheheheh.

A seguir fui para o Clubíssimo, onde ia o germânico Phonique passar som. Ao entrar, ainda se encontra o Safara a passar som, com aquela sua boa selecção, um pouco mais virada para sonoridades minimais, mas sempre bastante dançáveis e agradáveis, e fazer com que o pessoal começasse a dançar. Com a pista já ao rubro, entra Phonique, que começou logo com sonoridades em que era impossível ficar-se parado. Passou muita coisa desconhecida, por entre ondas mais Electro, Acid, Minimal e com uns clássicos á mistura. Set bastante "groovy". Reconheci o Arquipélago do Gui Boratto, o Raise The Roof do James Flavour, o Miura dos Metro Area, o Don`t Laugh do Josh Wink, o What A Sensation dos Kenlou (M.A.W. com outro nome), o que me pareceu ser uma remistura ao Blackwater dos Octave One e duas produções do próprio, o Bee e o For The Time Being (vocalizado por Erlend Oye). Foi mais uma excelente noite lá no Clubíssimo, com pista cheia. Boa-onda, bom ambiente, uma pista cheia, boa aderência por parte do público presente e uma boa leitura de pista por parte de Phonique. Venham mais noites assim...eheheh.

27 comentários:

Cláudio Cruz disse...

Eduardo gostei muito de ter ouvir tocar na sexta-feira no clubissimo tens uma excelente escolha musical completamente a 100% a parte técnica nao é tão boa, mas ali o que realmente interessa é o bom som abraço

Electrobot disse...

Cláudio, muito obrigado pelo teu comentário...não escondo de ninguém que tecnicamente a coisa ainda não é lá muito perfeita, mas vou-me esforçando por melhorar a cada dia que passa...eheheheh.

Também foste ouvir o Phonique?

Jorge Batista disse...

Eduardo, de facto tens que melhorar a tecnica. Passas bom som, mas és um grande cavilhas. Tens que melhorar essa pratica. A propósito, és tu que fazes a programação do Clubissimo? Gostei muito.

Cláudio Cruz disse...

infelizmente nao, tive a por som no Dna (barreiro)mas ja me disseram q mais valia ter ido ouvir phonique do q ir trabalhar eheheh abraço

Anónimo disse...

"n é tão boa" para n dizer mau.....

Electrobot disse...

Quem faz a programação é o DJ Time, e parece-me que ele tem sabido gerir bem a coisa.

Em relação á parte técnica, mais uma vez volto a dizer que de facto podia estar bem melhor, e que tenho a perfeita noção que há ainda muito a melhorar. E conto com as vossas críticas construtivas para me irem avisando se as coisas vão ou não correndo bem :).

...Vale a pena Pensar Nisto... disse...

Bem ditas Segundas Feiras.Em Setubal cada fim de semana,
uma novidade.Agora segundo me disseram este Domingo,o Dono do Quase Enterrado Spy Club o Sr.Vitor Gaio exibe uma imagem no MSN q diz Spy Goodbye.Será q este Sr vai por á disposiçao o seu lugar e finalmente retirar-se da Noite de Setubal? Devo entao dizer q isto é mau para a Noite do Sado, pq assim deixa de haver um Bode Expiatorio,retira-se assim o maior suspeito em termos de Denuncias à Pirataria,à Camara de Setubal em relaçao ao Horario de certos e determinados Bares da Avenida.E por falar em Camara de Setubal,o Dj do Spy Club atribui a Culpa da Noite de Setubal estar morta a Camara Municipal...Muito bem.Agora pergunto eu,Sr Dj Spy,sendo voce do Barreiro,pq nao se preocupa cm a noite da sua terra e tem q vir para aqui para Setubal cm veio esse tal Mancha e aquela nodoa q é o outro dj do Design café,td corja do barreiro q nao teem onde cair mortos?Preocupem-se cm as vossas cidades,aqui ja teem os dias contados.Vale a pena pensar nisto.

Jorge Batista disse...

eduardo, es um individuo com bastante cultura musical, sem qualquer tipo de duvida. No entanto, aconselho-te vivamente a efectuares uma formaçao intensiva na area tecnica, podes inclusive frequentar cursos de djs para mostrares boa figura. mas ja agora quando é que os teus amigos do clubissimo te levam lá outra vez?

Electrobot disse...

Em princípio, voltarei ao Clubíssimo algures entre o fim de Julho e o mês de Agosto.

O que me faz realmente falta são 2 pratos Technics...tenho uns Soundlab, que o meu grande amigo Daniel Costa me deu, mas aquilo sinceramente, ás tantas confunde-me mais do que ensina,dado que não são muito fiáveis, mas não estou obviamente a querer desculpar as minhas deficiência técnicas com a qualidade dos pratos...e vou praticando com eles na mesma, apesar de achar que as melhoras que vou tendo têm sido feitas á custa das minhas noites no ADN, onde o material é relativamente bom e fiável.

Sinceramente, a minha disponibilidade financeira para comprar música nova já vai sendo limitada, quanto mais para me meter num curso de DJs. A minha prioridade sempre foi para comprar música...se calhar não é a atitude mais correcta...mas pronto, é assim que eu sou.

Já agora, se alguém estiver interesado em se livrar de uns Technics, digam-me qualquer coisa, mas aviso já que só posso comprar por prestações, e não muito elevadas...ao menos sou sincero.

Electrobot disse...

Em relação do comentário acerca dos DJs do Barreiro, mas porque raios, com tanto bom talento regional, seja a passar música mais alternativa, seja mais comercial, se vão buscar DJs do Barreiro?

Não gostando nada do som que DJs como o Emanuel do Avenue, o Tiago do Very Light ou o Ovelha do Maria dos Copos passam, e apesar de por vezes até ser um pouco mauzinho em relação a eles (apesar de achar que eles têm a inteligência suficiente para saber que não é nada pessoal, é mesmo musical...eheheh), acho-os contudo bastante habilitados a fazerem noites em locais como o Design ou o SpyClub, e não consigo compreender esta obsessão por se trazer DJs do Barreiro, quando há em Setúbal quem faça tão bom ou melhor trabalho do que eles.

Ao menos na cena mais "underground" os Djs da zona, bem ou mal, vão sendo mais acarinhados.

D-Fender disse...

Boa tarde,

Eduardo, nunca te ouvi tocar mas venho diáriamente a este blog, e pelo que escreves que tocas, acho que tens muito bom gosto musical, já me deste até alguns temas bem interessantes a conhecer que de outra forma não teria acontecido. É por isso que aqui venho, para acompanhar os teus gostos e evolução nos charts (assim em jeito de troca de informação num só sentido).
Agora o que dizem da tua técnica, que eu não vou criticar pq nunca te ouvi tocar, pode causar certas bocas excusadas...eu aprendi a misturar há 13 anos, na altura comecei com pratos sem pitch, dava-me ao trabalho de encontrar músicas com bpm idêntica e depois ia sempre acompanhando um dos pratos para manter a batida certa. Fazia exercícios para treinar o ouvido que hoje me fazem rir à gargalhada mas que sem eles não teria aprendido tão depressa. Chegava ao cúmulo de tar a ouvir rádio e com o prato da aparelhagem encaixar músicas nas que tavam a tocar na rádio, assim sem mesa de mistura nem nada, era o rádio a tocar para um lado e a aparelhagem com o volume ajustado ao do rádio, de modo a que eu podesse ouvir as duas fontes...sensivelmente 1 ano depois dessa febre me envadir comprei a meias com um amigo que tb tinha febre, e comprámos uma mala que lá dentro tinha dois pratos de correia com um pitch da treta que só variava praí 4% e uma mesa de mistura de três vias em MONO...hehehe, da marca citronic, esta marca ainda existe e hoje em dia até já tem pratos de tracção directa, agora o que valem já não sei...Bom isto tudo para chegar à conclusão que com o tempo acabei por abandonar os pratos citronic que se foram desfazendo até ao ponto de andar dias a fio à procura de agulhas que nunca encontrava mas que com algumas adaptações lá bombavam...depois adoptei atomix....e só muito mais tarde, muito recentemente até me rendi ao digital e comprei uns 800. Não são uns 1200, mas são umas grandes máquinas...isto para te dizer que deves investir tempo no que tens ao teu dispôr sem nunca esqueceres que o que queres mesmo são os thecnics. Lá por não os teres ainda não deixes que isso seja um entrave à tua evolução. É essencial que técnicamente estejas à altura dos djs que estão no teu circuito de mercado, senão vão começar a atacar-te com bocas acerca de amizades e compadrios...e depois a fama fica. Fecha-te no teu quarto com o que tens e insiste até conseguires que as músicas colem em batida tempo e estrutura, quem sabe mais tarde até em tom. Conheces outros djs, eles podem ajudar-te a adquirir esses conhecimentos, depois só tens que praticar, praticar, praticar, praticar e praticar...nem que seja com duas grafonolas...hehehe...tipo disparo.

Se tens material, por pior que seja, agarra-te com unhas e dentes e aprefeiçoa a técnica, não é preciso tirares um curso, tens muitos professores como amigos...a cultura e selecção musical são muito importantes mas a maneira como as utilizas é crucial para a tua imagem no meio competitivo em que te moves.

Cumprimentos & rock da house...

Anónimo disse...

Amigo simplesmente não me conheces de lado nenhum , e se tens alguma coisa a dizer vais ter comigo ao spy e falas directamente e u não sou nenhum grandiosos dj mas gosto muito do qe faço, e nem seqer me qero meter nestas guerras, porqe na realidade voces tem muito para aprender~na noite ...abrços e bons gigs ...se é qe sabes o significa "gig"

Electrobot disse...

Não sabendo bem bem para quem este comentário foi dirigido, se para mim ou para o "anónimo" que falou acerca do Spy, Design, etc, vou-te responder de qualquer forma...

A questão aqui não é a do teu valor, sobretudo se és quem eu penso (o Sérgio), isso nem se

Electrobot disse...

Não sabendo bem bem para quem este comentário foi dirigido, se para mim ou para o "anónimo" que falou acerca do Spy, Design, etc, vou-te responder de qualquer forma...

A questão aqui não é a do teu valor, sobretudo se és quem eu penso (o Sérgio), isso nem se

Electrobot disse...

...sequer está em causa. O que está em causa é havendo pessoas em Setúbal que fazem tão bem como tu o teu trabalho, para quê chamar pessoal vindo de outros sítios?

Ninguém te está a apontar nada ou a dizer que és um mau profissional, nada disso, o problema aqui está é em quem gere as casas. E bnão tenho problemas nenhuns em falar contigo pessoalmente, se és quem eu penso, conheces-me pessoalmente também...não vou é ao Spy gastar 10 euros só para ir falar contigo...

Jorge Batista disse...

Epa, sergio aka salsa latina, dedica-te mas é á pesca! Mas tas-te a comparar ao Eduardo??? Tu nem tens 1/10 da cultura musical do rapaz, soce!!!
Vai rapar os pelos do peito, tu e o teu amigo joca.
Mas o que é que voces percebem de noite pa???? É por seres muito bom é que o spy está a caminho da desgraça! Para ouvir mainstream prefiro o dj monchique, esse ao menos é cá da terra!!
força edu!

djspy disse...

a esse artista da noite qe diz vale a pena pensar nisto, nem conheces a tua propria cidade, tás interessado no spy é?pois bem meu amigo é assim antes de tu cá andares ja eu punha musica em setubal portanto qeres me dizer alguma coisa dizes me na cara pode ser ou não não gosto de cobardes qe se escondem ema merdas de blogs tás muito longe de perceberes o qe é a noite ...ass dj do spy

djspy disse...

qero pedir imensas desculpas ao electroboot mas de facto não era para ti o comentário..ficam desde ja as minhas sincera desculpas
é qe u gostava qe o artista qe escreveu aqilo falasse directamnete comigo

djspy disse...

senhor jeorge baptista para ja eu não sou amigo do joca nem gosto dele...depois amigo a sua falta de bom senso excedeu-se voce não estou a por em causa o conhecimneto do seu amigo muito pelo contrário agora eu não me meti com niguem apenas falaram em mim aqi sem me conhecerem axo isso uma covardia total kero pedir desculpas ao electrobot pelo comentario k não era para ele, antes de tu cá andares ja eu passava musica em setubal portanto eu não kero problemas se kiseres falar comigo falas comigo pessoalmente

jorge batista disse...

"antes de apareces, ja eu ca andava e nao sei que" apa borra botas, mas tu conhces-me de algum lado para tares a dizer que andavas antes ou depois.
Olha mas é para a vergonha de dj que tu és... tás a ser enterrado juntamente com esse postal da noite de setubal que é o sr vitó gaio. E nao estejas a dizer que nao és amigo do joca, porque eu sei muito bem que foi ele que te trouxe para aqui...

Anónimo disse...

e escrever o u a seguir ao q, não? É que mete impressão, apre...

Anónimo disse...

epa é o seguinte eu gostaria de deixar aki um apelo a todos os dj´s desta região à beira mal plantada...kd trabalharem com uma mesa de mistura djm600 ou ekivalente por favor s n souberem n usem os efeitos...ixtu por k na passada sexta feira fui ao tã aclamado m project i lá tava o responsavel deste blog k mt bem n sabe nem inventa...mas o outru rapaz k lá estava por amor de deus...xplikem lhe como s utiliza o echo da mesa de mistura a meia batida...obrigado

* Whoopin' Ass Since 1980 * disse...

LOL.... novela diária a bombar :P

eye on you disse...

o melhor é desligarem os fxs da mesa ;D

Starsea disse...

Olá Eduardo quando é que voltas a passar música no Kaneco?

Electrobot disse...

Estive lá a substituir o Abel, que é o residente...provavelmente voltarei nalgum dia em que o Abel, por alguma razão, não possa ir.

Anónimo disse...

hey amigo eduardo so pra deixar aqui um forte abraco e parabens pelo espero que estejas bem e continua!
stay cool brother ! Miguel M.

England,london.