sábado, setembro 15, 2007

Cardápio Nocturno

- Eduardo Martins @ Baco - noites p0werup

- Lindstrom (live) @ Lux


Sexta, 14 de Setembro :

- DJ Killer Bee @ Baco

- Abel Santos @ Tasco do Kaneco

- Pedro Lontro @ Galeria Art Café

- Disparo (DJs) + Super 8 (VJ) @ ADN


Sábado, 15 de Setembro :

- Mário João Camolas @ Baco

- Abel Santos @ La Bohémme

- Duarte @ Tasco do Kaneco

- Pedro Lontro @ Galeria Art Café

- Zé Pescador @ ADN

- Âme (Kristian Beyer) @ Lux

6 comentários:

Cebola disse...

E em que estabelecimento nocturno setubalense, se pode ouvir Tiesto e Pakito? Enorme STAGE, para a próxima levo os carrinhos de choque !

Electrobot disse...

Por vezes no Stage há umas noites porreiras...já lá estive em duas noites em que fui ouvir o meu amigo Pedro Tiago, e aí sim, ouviu-se boa música.

Nos outros dias não costumo frequentar o Stage...como não sou masoquista, e só gosto de "estragar" os meus ouvidos com música que goste...por isso é que geralmente acabo a noite no ADN, ou nalgum "after" onde saiba que vai haver boa música (e bom ambiente...no Afficcion não me apanham...).

Tenho tido esta conversa com amigos meus, e é pena que não exista um sítio, onde, após o fecho do ADN (e, porque não, também após o fecho do Design e do Absurdo...), se consiga ir ouvir boa música, com qualidade de som aceitável, e sem ter de levar com alguns filmes para os quais já não há grande pachorra...

Existem 3 discotecas na cidade (Clube do Rio, Stage e Albarquel), e nenhuma mexe o que deveria mexer. Custa ver tanto potencial desperdiçado, fosse em que segmento de mercado fosse...

p.s. Pakito? É um desses "hits del verano"? Tenho de checar isso no youtube...eheh.

Destabilizador disse...

1- onde é o stage??? ando mesmo a nora disto lolol

2- E o Afficion onde é???

Sim nao sei onde deixei a nave...

Que tipo de filmes falas Eduardo???
Abraço

Electrobot disse...

Stage = Antigo Clubíssimo

O Afficcion fica mais ou menos em frente ao Forneiro e ao Design (antigo KGB).

Filmes no Afficcion? São daqueles de "cowboys"... ;P

Zé Manel disse...

As últimas sextas têm sido bastante boas lá no ADN. E esta última com Disparo foi mesmo demais. Pena ter de se fechar tão cedo. E tenho uma crítica a fazer a quem está á frente do ADN, que é a seguinte : porque há malta boa-onda (inclusivé míudas) que fica á porta, e deixam entrar certas e determinadas pessoas que não interessam a ninguém? Acho que deviam de mudar de porteiros, porque aqueles parece que não favorecem nada o bom funcionamento do ADN. Já há quem diga que os porteiros mandam mais que os donos, e isso não é nada bonito de se ouvir. Em relação ao Aficion, aquilo até mete medo, e nos últimos fim-de-semanas tem sido sessões de pancadaria atrás de sessões de pancadaria. Os afters no Star têm rendido, bom som e bom ambiente, mas o power de som daquilo deixa muito a desejar. Porque não falar com o pessoal do Clube do Rio ou do Stage para se fazer lá afters? Ao que parece, esse tipo de sítios não mexe muito, mas se funcionassem num regime de afters, se calhar preenchiam uma lacuna que cada vez mais se sente, que é o onde ir após o ADN?

Duarte disse...

Após o último comentário aí do Zé Manel, tive um deja vu aquando da ultima vinda do Tó Pereira ao Stage. Aquilo foi "quase" um After (as 7h ainda havia som) e o espaço ajudou bastante. Não seria má ideia não..