segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Crónicas Nocturnas # 117

Quinta, mais uma noite no ADN, mas uma noite com um "feeling" diferente, pois foi a última noite como residente lá ás quintas, dado que vou mudar de poiso. Vou ter uma enorme pena de sair de lá, e a nostalgia já se começa a fazer sentir..mas as vida é mesmo assim, feita de mudanças. Mas as noites á quinta vão continuar com outra pessoa, cuja linha musical não difere assim muito da minha. Fica aqui um enorme agradecimento ao Zé Pescador e ao Cláudio, que me deram esta oportunidade, e, acreditem, foram noites em que aprendi muito, e tive por lá noites fantásticas, que ofuscaram completamente as que não foram tão fantásticas. É complicado trabalhar a um dia de semana em Setúbal, mas, a pouco e pouco, as coisas foram crescendo...esperemos que quem me irá substituir continue nessa rota de crescimento progressivo. Em relação à noite em si, esteve animada, com o pessoal a curtir o som, e as coordenadas sonoras não fugiram muito ao que tinha a vindo a ser habitual nos últimos tempos...o início de noite mais "discoide", com nomes como Will Powers, Peech Boys, Grace Jones, Chicken Lips, Tom Tom Club, Patrick Cowley, Bobby Orlando, Putsch 79, Mr. Master, Klapto, Eurofunk, Scotch, Lindstrom, Prins Thomas, entre outros, a marcarem presença. A seguir, uma onda mais virada para o Electro-House/Minimal e variantes, com nomes como Mike Monday, Spiritcatcher, Martin Landsky, Oliver Koletzi, Rockers Hi-Fi, Linus Loves, Alex Gopher, Riot In Belgium, Riton, Lee Jones, Franz & Shape, I Cube, Dole & Kom, entre outros, a marcarem presença...Acho que foi uma última noite bastante porreira, e não deixarei de, ocasionalmente, passar som lá no ADN (tenho uma data marcada para lá em fins de Abril...). Mas é um ciclo que se encerra, e , nunca é demais afirmá-lo, fica um enorme agradecimento ao Zé Pescador e ao Cláudio pela excelente experiência que me proporcionaram durante este período.

Na sexta iniciei a noite no La Bohémme. Não havia DJ nenhum a passar som, mas os cds que o Paulo seleccionou eram bastante porreiros. Por lá encontrei o Mário João e outro moço amigo que vinha com o Mário, o João, e por lá ficámos na conversa. La Bohémme bastante animado.

A seguir fomos para o Baco, que já começava também a estar animadito, com o Papal a passar som...ao começo uma onda mais "chill-out", mas depois começou a passar uma onda mais "Progressive", com uns temas de Drum n Bass pelo meio..muito fixe. Entretanto, o João quis conhecer a zona da Avenida, e eu e o Mário lá fizémos uma visita guiada por ela. Infelizmente, a Avenida continua aquém do que seria desejável, continua não se ver a animação que era tão habitual até há uns poucos anos atrás, apesar de alguns bares, na parte de dentro, estarem compostos...mas já não se vê aquela quantidade de gente que se via na rua...mas também podiam ser efeitos do Carnaval...voltámos depois para o Baco.

A seguir fomos para o ADN, onde estava o Miguel Mares a passar som. Quando entrámos, ainda estava um pouco vazio, mas, como habitual, em três tempos ficou cheio...eheheh. Acabou por ser uma noite bastante animada, ao rubro mesmo. Recordo-me de ter ouvido nomes como Marc Romboy, Marco dos Santos,Kavinsky, Digitalism, Soulwax, Van She, Tomas Andersson, Riot In Belgium, Klaxons, Justice (os gritos de euforia quando se ouviram os 1ºs acordes da remistura do Erol Alkan ao Waters Of Nazareth...eheh), Cajuan, Rex The Dog, Princess Superstar, Paul Woolford...entre outros. ADN ao rubro, e pode ser que em breve se possa fazer o "download" do set, pois acho que o Miguel o gravou...eheheh.

No sábado iniciei a noite no Baco, e por lá estive, na conversa com o pessoal amigo, e sempre bem embalados pelo som ue o Mondim passou, um "cocktail" bastante agradável e dançável de Reggae, Afro-Beat e Música latino-americana de grande qualidade. Houve alturas em que o Baco parecia um concurso de danças de salão...eheheh. Baco ao rubro.

A seguir fui para o ADN, que, quando cheguei, ainda estava calmito, mas depressa encheu...esteve mesmo á pinha...o Zé também se portou bem, embora com uma ou outra sequência mais estranha...eheheh, e, no fim, ainda teve o Vítor a passar uns temazitos...eheheh. ADN ao rubro. Recordo-me de ter ouvido nomes como Clash, Cansei de Ser Sexy, The Sounds, Joy Division, Human League, Gods Of Blitz, Tiga, Underworld, Groove Armada, Marschemellows, Klaxons, LCD Soundsystem, Who Made Who, !!!, Happy Mondays, Blur, entre outros.

25 comentários:

Paulo, fan do design disse...

Eduardo não sabes dizere mais nada k ao rubru?? fdssssss

Rita disse...

anda tudo em ansias para justice!! :D

Electrobot disse...

E tu não sabes ir a mais lado nenhum sem ser ao Design?? fdssssssss

;P

Baco, Bombar, La Bohémme, Tasco do Kaneco, MXL, ADN...

Ao rubro!!! Ao rubro!!! Ao rubro!!! Ao rubro!!! Ao rubro !!! ao rubro !!! Ao rubro !!! Ao rubro !!! Ao rubro !!! ao rubro !!!

:D :D :D :D

Anónimo disse...

"(...)Rompo entre as pessoas demasiadamente iguais ao bar anterior, aparecendo-me flashes assustadoramente (pseudo) fashions, sendo quase que um contágio visual... mas enquanto isso, chego à "porta"; verificando-se o seguinte diálogo:
"Boa noite"
-"Boa noite"
"Tem cartão de cliente?"
-"Cartao de cliente?! TENHO, mas não tenho a carteira comigo"
"Ahh.. Não vai ser possível entrar..."
-"Não?!... Então... Boa noite e obrigado".
E assim virei costas e continuei minha jornada...

Nessa noite acabei a comer um caldo verde num sítio chamado Forneiro, em que a conversa na mesa ao lado era do género "ápá fui barrado no design, pediram-me 100 euros à entrada". Entre uma colher e outra... começo a ter espasmos mentais que me diziam... "Estás mal vestido... não estás fashion... não estás fashion... fashion... fashion... fashion..."

Jacque Nylv nu Design Cafe, Setúbal (...)"

Dj Pedro Monchike aka Pop Pseudo fashion disse...

Saudoso Jaques Nylv, aquele a quem eu agradeco de todo o ter-me apelidado de Dj Pop Pseudo Fashion. Nao te conheço pessoalmente, mas o Eduardo sabe o carinho cm q recebi este elogio de nome ainda do tempos em q era Dj do Velho KGB. Eduardo, foi cm mta surpresa q a Equipa do SDN recebeu esta noticia da tua subita saida do ADN, sabemos q nao deve ter sido facil, mas se vais para outro lado é pq o teu trabalho tanto na radio, cm Djing e mto bem recebido e reconhecido.
Aproveito tb para passar aqui a mensagem de q agora aos Sabados, qndo nao tem datas marcadas para tocar onde quer q seja, Abel Santos toca no 1ªandar do Club do Rio. E agora pergunto-te Abel, cm td o respeito q merceces, q tal é tocar para um publico daqueles cm o do Club do Rio??? Aqui há uns tempos falastes q nunca tocarias para um publico semelhante...entao e agora? Mais uma Jaques, foi mto bem esgalhado o nome...obg!

Destabilizador disse...

O Abel no Club Do Rio??? llllllllooooooollllll "falam falam falam mas nao os vejo a fazer nada..." :P

Abel Santos disse...

Em resposta ao Pedro tenho a dizer-lhe que foi-me pedido pelo Vitor para tocar música Rock á lá Seagull, Funk, Disco Sound e Reggae, estilos que além de gostar imenso, detenho um domínio elevadíssimo tanto na quantidade como na qualidade. Dou particular atenção ao facto de tocar no suporte vinil (original) cerca de 90% dos temas.
Em relação ao público fiquei até surpreendido pela positiva, com clientes a pedirem temas que já não tocam á bastante tempo em Setúbal. Por vezes torna-se engraçado ter um público com idade para serem meus filhos e gostarem de música com alguma qualidade. É raro...! Existe gente com mais 10 anos que eles e gosta e toca música de ídole mui duvidosa...

Pedro Monchike aka Dj Pop Pseudo Fashion disse...

"Por vezes torna-se engraçado ter um público com idade para serem meus filhos e gostarem de música com alguma qualidade." è bastante engraçado ver a reacçao deles nao é Abel??? Eu tb achava isso na altura do Old School...Agora..."Existe gente com mais 10 anos que eles e gosta e toca música de ídole mui duvidosa..."...Isto já é discutivel
a partir do momento em q tens de trabalhar para um Ambiente do qual tu e alguns teus conhecidos consideram Pop Pseudo Fashion. Eu pessoalmente tenho de trabalhar para os mais novos, nao me queixo, nem posso. Dou-lhes a ouvir aquilo q gostam de ouvir, mas fico mto contente por fazeres parte agora do Universo do Club do Rio é sempre um prazer trabalhar cm, e desculpa a expressao, biblia Musical cm tu.

Le Chic disse...

O Sr. Abel Santos, por quem tenho uma grande estima enquanto artista, nomeadamente dj, é acima de tudo um dj versátil.

A sua postura é vista vezes demais como arrogante, mas o seu trabalho enquanto dj, que anima e permite aos noctivagos, ou não, aceder a uma banda sonora deveras de eleição.

Para finalizar e em forma de provocação:
Quem dera a muitos amantes de música, de dança ou não, terem metade do conhecimento que o Sr. Abel tem.

Abel Santos disse...

Só pra esclarecer uma coisita: eu nunca apelidei ninguém de pseudo pop fashion e a té axo muito engraçado alguém como o pedro estar a mandar bitaites irónicos em relação a mim...
Também é um prazer receber críticas dum especialista em fornecer aos mais novos música de má qualidade...
(ó pedro era escusado estares a levar com isto, pois estás a falar para a pessoa errada! eu fui contratado como profissional para fazer um determinado trabalho que me agrada, não tinha conhecimento do público do Olds Cool! aliás foi a 1ª vez que lá tinha ido nesta fase pós Spy Club!)

Dj Pedro Monchike aka Dj Pop Pseudo Fashion disse...

Atençao Abel nao quero q estes comentarios te levem a pensar mal da minha pessoa, mto pelo contrario, nao disse directamente q apelidavas de Pop Pseudo Fashion a ninguem, calma lá, longe de mim criar atritos ctg, nada disso. Apenas estou contente de ter-te na nossa companhia ao fim de semana, conheco-te de vista, pessoalmente acho q ate ja fomos apresentados, mas nunca deixei de estar atento ao teu trabalho nomeadamente desde q comecei a privar mais de perto cm o Eduardo Martins q por acaso é um grande amigo teu. Agora eu tenho o meu género de trabalho pq sou e tenho de ser um Dj Versatil e eu sei q tu entndes este meu aspecto, nao é uma questao de levar cm comentarios ou nao. Tenho-te em boa Pinta ;) be cool.

zé mister disse...

Abel Santos, a criar atritos desde a década de 70.

Diz ke sou o verdadeiro Chinês! disse...

Pouco importa se o Guarda Abel tem 6 mil ou 6 milhões de discos, o gajo até passa umas musikitas à maneira. De facto era a última pessoa que esperava encontrar no Jardim-de-infância “a Ribeira”, por momentos tive a sensação de se tratar da Ana e os queijinhos frescos. O Vita PapaGaio anda sempre à frente no tempo, alias anda tanto à frente que já está a enterrar a parte de baixo com a mania de que é Dee Jay. Ouvi dizer que a festa de Carnaval foi uma ganda PEDRA. Quem confirma???

Fui comprar umas barbatanas e dou de caras com um panfleto do Xcentriko que anuncia matinés ao domingo assim tipo casino, já tou a imaginar o pessoal do centro de dia da Caritas a dançar musicas como “os miúdos à volta da Ribeira”.

A taberna dos Soldados do Fortuna continua em altas, o pão com chouriço e o caldo verde estão a sair muito bem, há, e o Dee Jay com cara de massacote já passa músicas novas, eia eia eia, viva o luxo, mas deviam de levar lá mais vezes o Mc Varicella.

Entretanto o “Diz que é uma espécie de empresário” fechou mais uma casa, lá se foi o Virill, o chavaleco colecciona fracassos, pelo menos desde que anda metido com a “Branca de Neve”.

Fica aqui uma pergunta, porque razão o tal club do riacho colocou fotos do queimado Spy e do pseudo-club Ice no seu site????? Será que vem aí um novo club no mesmo espaço??? Ai ai ai ai ai Surpresa Surpresa!

Anónimo disse...

Caro Amigo Chines, a sua percentagem de Escarnio esta ao Mais Alto Nivel...Parabéns.Gostava era de saber qual dos 2 deejays do Design tem cara de Massacote? A cena da Taberna dos Soldados do Fortuna ta mto bem esgalhada, agora meu amigo, confundir o Abel pela Ana Faria, oh meu amigo, nao havia nexexidade hun!!! Confundir um Artista da nossa cidade cm um Icone Sexual infantil dos Anos 80??? Chenes...Chenes...tas a ser mauzinho...bom...bom...

Anónimo disse...

Oh Chinoca, os teus post fazem-me lembrar tanto, mas tanto outros post similares (assinados com outro nome), posso dar como exemplo as cronicas do diz que é uma especie de Cravo...
Que cena, ia jurar que és uma especie de wanna be a Dj (waste of TIME)

dj massacote disse...

Frio, muito frio amigo anonimo. O tal Chines aproxima-se mais da pseudo-demencia do tal allways off duty, off jobs and off at all chamado de takeshi-takieto

Anónimo disse...

Humm takeshi-takieto, poderia ser, mas acho demasiado "elaborado" para os neuronios de takieto...

Anónimo disse...

ai pedro monchique, pedro monchique, quem te viu e quem te vê !! agora disfarças-te de chinês e apareces a mandar umas boquinhas porque como apareces em alguns comentários com o teu nome, imaginas que ninguem te apanhe os pseudónimos. Esqueces que ainda ha bem pouco tempo comentaste comigo precisamente estas coisa. Haja paciência

Electrobot disse...

Bem, isto está a tornar-se numa "blogonovela" e pêras...

Não me parece que o Chinês seja qualquer uma das pessoas em que voçês andam a pensar...seja como fôr, estou a achar os comentários dele e as consequentes tentativas de adivinhar quem ele é bastante divertidos...Para além de os comentários do Chinês me fazerem, de certo modo, lembrar a época em que o meu amigo Jacque Nylv andava no activo...

Dj Pedro Monchike aka Dj Pop Pseudo Fashion disse...

Mais uma vez venho aqui escrever o q escrevi à uns tempos atras
.Os meus 2 unicos comentarios q tenho nesta Cronica Nocturna estao assinados com o meu nome. A pessoa q se da como anonimo, devia dar a cara e identificar-se. Por vezes sim escrevo mas assino sempre em meu nome ou da equipa de Produçao do Setubal Dance Night ou cm Pop Pseudo Fashion Boys dupla q tenho em conjunto com o meu colega da cabine do Club do Rio o Joao Moço. Agora vejam bem é cm quem falam, como falam, o q leem e sobretudo o q ouvem. Ja disse aqui uma vez e torno a dizer, tenho mais com q me preocupar, tenho filho para tomar conta o dia td e familia, do q passar o dia a ler blogues na net. Tenho-o dito. Abraço ao Eduardo e mto boa sorte na sua Nova Aventura.

Diz ke sou o verdadeiro Chinês disse...

Em primeiro lugar devo acrescentar que eu não sou dee jay nem tenho pretensões de que algum dia venha a ser, a menos claro que alugue alguma discoteca e obrigue os meus clientes a ouvir os meus devaneios musicais. Mas isso é outra história.

Em segundo lugar não sou o paper boy (Cagateshi ou Marrakeshi) nem o soice do cravo azul (dee jay mau tempo) muito menos o Jorge Moreira do djing, no entanto se alguém adivinhar dou 25 centímetros.

Só escrevo por duas razões, primeiro porque a masturbação já me provocou tendinite nos pulsos e o médico mandou exercitar os mesmos e segundo porque sou barrado no Heaven onde me dizem q sou demasiado comprido para entrar.

Volto mais tarde…

Anónimo disse...

LOL , isto tá muito bom !

o 1º anónimo deste post disse...

Hó Chinoca, pelos vistos és grande, mas nao és grande coisa!!!

Diz que sou uma especie de joca disse...

china, long time no see bro !! o ppl anda dormentinho pra te catar, não sabem as horas k passas na playstation ou a ver o "venus" e este tipo escrita só me lembra akele famoso flyer do joca dps de teres falido o K (lol). agora andas outra vez c'o teu servo plos dedos (lol) pk pla mão ta curto. mas ouve PG 25 cm ? ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah

bad boy disse...

A tentativa de imitar os textos do blogue do cravo azul, é medíocre e triste. É que nem plágio sabem fazer :)
Reflecte a falta de imaginação e de qualidade que reina na grande maioria dos empresários, clientes e pseudo-djs da cidade de setubal.

Parabens pelo Baco Eduardo. É de pessoas como tu que precisamos :)